BUSQUE AQUI O QUE VOCÊ PROCURA!

Jaleco sujo era sinônimo de bom desempenho na medicina

jaleco-medicia

Não é difícil entender porque enfermeiros, médicos e outros profissionais da saúde usam jaleco branco. A cor deixa claro se a pessoa está limpa, condição fundamental para se trabalhar em estabelecimentos que cuidam da saúde . No entanto, quando o jaleco surgiu, na Idade Média, a sujeira era bem vista, significava que o médico havia atendido muitos pacientes.

Outra diferença é que a peça era escura e vinha acompanhada de luvas, chapéu e até uma máscara com bico que protegia os médicos da peste bubônica, doença que matou milhares de pessoas na Europa durante o século XVI. O jaleco branco e limpo só tornou-se norma depois que estudos comprovaram que muitas doenças eram causadas pela falta de assepicia nos hospitais.

Porém, há mais cuidados a serem tomados com a peça que vão além da limpeza. Todos sabem que a maioria dos micro-organismos são invisíveis, assim a aparência da roupa pode enganar. Quando usado fora do ambiente de trabalho o jaleco pode transmitir doenças na rua ou ser contaminado por onde passar e levar mais riscos para os pacientes do profissional e até para colegas.

Muitos usam-no em lugares públicos porque a peça é símbolo de status, porém é preciso lembrar que um bom médico, enfermeiro ou cientista bem conceituado de verdade é lembrado muito mais pelas conquistas, atendimentos do que por um hábito que pode prejudicar muita gente.

Tel: 85 3182-7650 | vendas@bioluzuniformes.com.br | R. Conselheiro Tristão 298, Centro | Fortaleza | Ceará

logoassinawproo